Quanto mais cresce uma empresa, maior seu espaço físico e a movimentação de pessoas e objetos nela. A equipe de limpeza e os custos associados a ela tendem a acompanhar a expansão ou, em caso de desleixo, a desordem e a sujeira tomam seu lugar.

A limpeza e a higiene do local de trabalho podem ser uma dor de cabeça para o gestor empresarial, que já tem muitas outras preocupações. Porém, essa não precisa ser a realidade.

Acostumados a cuidar de espaços domésticos, o mais natural é que pensemos a limpeza da empresa como uma expansão desse modelo, quando a lógica deveria ser a modernização e a industrialização.

Veja como os equipamentos de limpeza podem fazer a diferença para a sua gestão!

1. Eficiência

A instrumentalização dos equipamentos de limpeza com vapor, alta pressão, alta temperatura, força e abrasão eleva a qualidade do serviço, pois ninguém consegue ser tão eficiente quanto as máquinas.

Diferentemente dos profissionais de limpeza, os equipamentos podem trabalhar por horas ininterruptas sem atingir a exaustão. Para uma limpeza realmente extensa e demorada, é possível trocar o operador e continuar o serviço com o mesmo equipamento. Além disso, as máquinas fazem o trabalho em tempo muito reduzido, se comparado ao resultado manual. Melhor, mais rápido e sem necessidade de intervalos!

2. Economia

Se as máquinas nos auxiliam a fazer melhor e em menos tempo, isso significa ter uma equipe de limpeza enxuta e, consequentemente, uma folha de pagamento reduzida.

Os equipamentos de limpeza são pensados para melhorar a questão ergonômica dos funcionários que os operam, e sua tecnologia permite usar menos produtos químicos, sem expor a saúde do funcionário. Essas adaptações podem reduzir o absenteísmo e os custos com saúde relacionados às doenças do trabalho.

Ainda nesse quesito, os equipamentos gastam menos insumos porque maximizam a eficiência da sua utilização. As propriedades físico-químicas da matéria são colocadas a seu favor. As lavadoras de alta pressão e água quente, por exemplo, dissolvem óleos e gorduras com facilidade, precisando de pouco ou nenhum detergente associado.

3. Menor impacto ambiental

Por utilizar menos água e produtos químicos que a limpeza tradicional, os equipamentos de limpeza são um caminho possível para aumentar a sustentabilidade da sua empresa. Pequenas atitudes como essa podem fazer a diferença para obtenção de certificados como o ISO 14001, de Sistema de Gestão Ambiental.

Cada vez mais, os consumidores se interessam pela questão ecológica e buscam por empresas que alinham sua produção com práticas ambientalmente favoráveis. Sua economia pode se transformar também em estratégia de marketing.

4. Facilidade de gestão

Uma vez que diminuem o tempo gasto na manutenção do espaço e permitem diminuir o número de funcionários do setor de limpeza, os equipamentos facilitam o trabalho de um gestor.

Administrar os horários mais adequados para interdição de uma área, o número de funcionários necessários e disponíveis, os turnos e fiscalizar a forma como cada um está fazendo o seu trabalho são tarefas extenuantes e de poucos resultados.

O tempo de um gestor será mais bem empregado quando a limpeza deixar de ser um obstáculo para o bom funcionamento da empresa.

5. Resultado

É muito mais prazeroso estar em um ambiente de trabalho limpo. Pode parecer bobagem, mas a limpeza é um dos fatores que influencia a produtividade da sua equipe. Ela proporciona bem-estar ao ambiente e deixa as pessoas mais motivadas.

Higiene e organização ajudam a diminuir os riscos de saúde laboral. A poeira está relacionada a diversos problemas respiratórios que podem causar desde incômodo nas vias aéreas até o afastamento para tratamento médico.

Micro-organismos patógenos proliferam com facilidade em banheiros de uso compartilhado. Nos sanitários considerados públicos, a higienização deve ser feita mais de uma vez ao dia, afinal, cinco a oito horas após a limpeza a população de micróbios no ambiente já é semelhante à que havia antes dela.

Os equipamentos permitem a agilidade no processo de limpeza, evitando a interdição prolongada dos locais de trabalho, atendimento e sanitários.

6. Imagem

Pense, ainda, no efeito psicológico que um ambiente sempre asseado causa nas pessoas. Um espaço descuidado pode dar a impressão de desleixo e ineficiência, enquanto o cuidado com o espaço físico fortalece a sensação de credibilidade e competência da empresa.

Alguns segmentos trabalham com materiais e condições que tornam muito difíceis manter o ambiente limpo, como oficinas mecânicas e borracharias, por exemplo. Ainda que os consumidores estejam habituados a encontrar sujeira quando precisam desses serviços, não quer dizer que estejam satisfeitos com essa recepção.

O cuidado com a higiene pode ser o diferencial para o seu negócio, fidelizando a clientela e agregando valor ao seu produto.

7. Sob medida para as suas necessidades

Existem empresas de pequeno, médio e grande porte. Orçamentos dos mais variados tamanhos. Assim acontece também com os equipamentos de limpeza. Veja alguns exemplos:

  • Lavadoras podem ser extremamente compactas, com tanques pequenos e para serem usadas até mesmo sob mesas balcões. Em outro extremo, podem ter capacidade para mais de 200 litros de solução, com tração interna e operador a bordo — ideal para espaços grandes, como shoppings e indústria.
  • Varredoras pequenas de uso manual são recomendadas para espaços como escritórios e lojas. São usadas para recolher pequenos materiais e partículas do chão. Já as varredoras de grande porte armazenam até 500 litros de resíduo sólido, podem ser equipadas com aspirador e direção hidráulica para operador sentado sobre a máquina.
  • Limpadores de vidro com água pura diminuem significativamente o tempo gasto com a limpeza externa e os riscos relacionados ao trabalho em altura. Elas possuem cabos extensores que permitem alcançar até 20 metros de altura sem a utilização de cabos e andaimes.
  • Geradores de vapor permitem limpar e desinfetar diversos tipos de superfície com vapor até 160°C. São ideais para limpeza de banheiros, cozinhas industriais, restaurantes, frigoríficos, indústria de laticínios e outros locais que necessitem de limpeza e desinfecção sem a contaminação de produtos químicos.

Como se pode ver, um espaço sempre limpo e asseado resulta em mais do que eliminação de sujeira. Segurança, conforto, produtividade, bem-estar, higiene e valor agregado são alguns dos subprodutos mais importantes.

Quando utilizamos equipamentos de limpeza, podemos adicionar economia, eficiência, sustentabilidade, gestão facilitada e qualidade do serviço a essa equação.

Agora que você está a par de todas as vantagens que os equipamentos de limpeza podem trazer para uma empresa, ajude outras pessoas a conhecer os seus benefícios. Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!