A limpeza de chão de fábrica precisa de maior destaque dentro do fluxograma de higienização em uma indústria. É comum ter em um mesmo local diferentes tipos de piso, por isso, a escolha de equipamentos e produtos de limpeza acaba sendo uma tarefa complicada.

Ainda bem que existem técnicas e dicas para tornar a limpeza mais ágil, simples e eficiente nas empresas. E é isso que vamos mostrar neste post. Continue a leitura!

Qual a importância da manutenção de limpeza de chão de fábrica?

O piso é um dos principais aspectos a ser considerado no processo de limpeza profissional. Ele reúne sujeiras de origens diversas e, não eliminá-las, contribui para a proliferação desses resíduos no ambiente de trabalho. Afinal, o trânsito de pessoas e máquinas é intenso neste ambiente.

Não se preocupar em tirar corretamente a sujidade, pode afetar não só a qualidade dos produtos que são criados no local, mas também a segurança dos colaboradores no ambiente de trabalho.

Além disso, pode fazer com que a empresa gaste mais recursos do que o necessário. Quando não existe um processo de higienização planejado e organizado, o gestor responsável pelo setor pode comprar equipamentos errados e produtos químicos a mais do que o necessário.

Nesse sentido, a manutenção da limpeza de um chão de fábrica evita desperdício de tempo e recursos de uma empresa.

Quais equipamentos e produtos são os mais indicados para limpar pisos industriais?

Sempre quando pensar nas escolhas de equipamentos e produtos para tirar os resíduos de qualquer piso, é bom lembrar do círculo de Sinner. Esse esquema de limpeza profissional reúne quatro fatores variáveis – a ação mecânica, a ação química, a temperatura e o tempo, permitindo mais eficiência na higienização.

Os fatores são combinados entre si e cada um deles pode ser potencializado para tornar a limpeza mais rápida e fácil. O que determina o aumento de um desses fatores é o tipo de sujeira, o material do piso e o prazo para a realização da limpeza.

Sendo assim, avaliar bem os pisos de cada área da indústria a ser limpo é o primeiro passo e o mais importante. Depois disso, é a escolha da máquina para fazer a limpeza, que deve estar de acordo com o tipo de sujeira e químico. Listamos abaixo as principais soluções usadas na indústria:

1. Lavadoras de alta pressão

Esse modelo de máquina é ideal para remover sujeiras pesadas e impregnadas, como óleos e adesivos. Ela pode ser de água fria ou quente, sendo a ação mecânica e a temperatura as duas variáveis mais alteradas nesse equipamento. Além disso, pode ser usado em pisos mais irregulares e sem brilho.

2. Varredoras de pisos

Esse tipo de máquina é para recolher detritos de qualquer tamanho, especialmente em pisos com irregularidades, sem brilho e em áreas abertas. O reforço na ação mecânica e a redução do tempo do processo de varrição, são os grandes diferenciais do equipamento.

3. Lavadoras de piso

As lavadoras ajudam na limpeza de pisos lisos e com brilho, eliminando a sujeira – inclusive óleos ou outros líquidos. Como lava e aspira ao mesmo tempo, os pisos secam rapidamente. Ideal para uma limpeza rápida e profunda em ambientes com alto tráfego. Nesse modelo, a ação mecânica e química são mais acentuadas.

4. Limpadoras com vapor

As limpadoras a vapor são ideais para a higienização mais profunda que envolvem gorduras, graxas e óleos. Pode ser aplicada em azulejos, pisos lisos e com brilho. O fator com maior destaque nesse equipamento é a temperatura.

5. Seleção de produtos químicos

A escolha errada do químico prejudica não só o aspecto do piso, como também a qualidade da higienização e o próprio equipamento utilizado. Por exemplo, nas lavadoras de piso, não se pode colocar um detergente que faça espuma, pois pode danificar o motor de aspiração da máquina.

Outro ponto que deve ser considerado ao selecionar o químico é o seu pH. Pisos mais engordurados exigem detergentes com pH mais alto, enquanto pisos com sujeira de remoção mais simples, pode-se usar um pH neutro. Recomendamos o Limpador Gansow para limpeza diária e o Clareador Gansow para limpeza pesada e remoção de manchas.

Também é importante ressaltar que fragância não é sinônimo de limpeza. Dê preferências a cheiros mais neutros, pois o odor mais forte pode atrapalhar o ambiente, além de não garantir a higienização.

Na aromatização e higienização diária, o responsável pela limpeza pode usar produtos como o MLD e o NABC. Ambos ajudam a eliminar ou reduzir as bactérias presentes em pisos sanitários.

Mas, lembre-se: a melhor opção é usar produtos de qualidade e seguir todas as orientações de aplicações dadas pelo fabricante, desde a quantidade certa até as informações sobre o armazenamento.

É imprescindível ainda ficar atento às regras de segurança e isso vale tanto para o manuseio das máquinas, quanto dos químicos. Exija que os colaboradores usem os equipamentos de proteção individual e também sinalize o local para as outras pessoas quando tiver realizando uma higienização que envolva riscos, como pisos molhados.

Como definir e escolher as máquinas corretas para esse tipo de limpeza?

Vários aspectos devem ser considerados na hora de comprar os equipamentos para a higienização do chão de fábrica. São eles:

  • tamanho da área a ser limpa;
  • material de composição do piso;
  • frequência da limpeza;
  • local, se é o piso externo ou o piso de um banheiro, por exemplo;
  • tipo de sujeira que precisa ser removida.

Para ajudá-lo a identificar esses fatores corretamente é sempre bom contar com a consultoria de profissionais especializados no assunto. As máquinas são importantes, pois otimizam o tempo de higienização. Os químicos também são um investimento essencial porque garantem a eliminação de bactérias e a qualidade da limpeza, contudo, eles não resolvem os problemas dos resíduos sozinhos. É preciso conhecer mais sobre limpeza profissional para fazer a escolha adequada para o seu negócio. É nesse momento que o planejamento aliado a orientação de um especialista contribui para o sucesso de todo o processo.

Não existe muito segredo na limpeza de chão de fábrica. Entretanto, há um método que envolve muitos cuidados. Se quiser saber mais sobre o assunto ou esclarecer alguma dúvida, é só entrar em contato conosco!