Os trabalhadores do setor de limpeza têm constante contato com produtos químicos, detritos, lixo, partículas de pó e todo tipo de agente prejudicial. Além disso, esses profissionais estão sempre expostos à altura, pisos molhados e situações de risco que podem resultar em acidentes, lesões e fraturas.

Para minimizar os riscos e evitar os perigos à saúde e à segurança dos trabalhadores do ramo de limpeza, existem Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequados, como em qualquer outro setor.

Por isso, no artigo de hoje mostraremos quais são os principais equipamentos de segurança para limpeza industrial e todos os detalhes que você precisa saber sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

Como garantir o uso adequado dos EPIs?

É muito comum que as empresas invistam na profissionalização dos serviços de limpeza, já que, dessa forma, o empreendimento conta com uma equipe especializada cuidando de todas as questões logísticas e legais, permitindo que o gestor se preocupe apenas com os assuntos de prioridade do negócio.

Além disso, ao lidar com uma equipe especializada, pode-se garantir que o negócio tenha profissionais treinados e capacitados adequadamente. O serviço de limpeza, nesse contexto, conta com uma gestão eficiente e com tecnologias de ponta para garantir qualidade e segurança no desenvolvimento das atividades, como limpeza de:

  • escolas;
  • hospitais;
  • universidades;
  • supermercados;
  • shopping centers;
  • limpeza pós-obra;
  • predial;
  • parques;
  • jardins;
  • indústrias e muitas outras opções.

Além disso, uma das principais vantagens nesse tipo modelo de organização é que os funcionários são treinados e supervisionados quanto ao uso de EPI para limpeza de forma adequada, respeitando os requisitos legais da atividade.

Quais são os riscos aos quais os trabalhadores estão expostos?

Como mencionamos, os funcionários da equipe de limpeza estão constantemente expostos a alguns riscos. Alguns deles são:

  • químicos: poeiras, gases tóxicos, vapores;
  • físicos: umidade, ruído, variações de temperatura (frio/calor);
  • biológicos: vírus e bactérias (especialmente na limpeza de hospitais e outros estabelecimentos na área de saúde);
  • acidentes: quedas, uso de ferramentas, máquinas e equipamentos inadequados, equipamentos em mau estado;
  • ergonômicos: movimentos repetitivos, levantamento manual de peso, postura inadequada.

Vale lembrar, ainda, que os EPIs podem variar de acordo com a complexidade e o nível de risco de cada tarefa. A empresa tem a obrigação legal de fornecê-los em perfeito estado de funcionamento e conservação.

De quem é a responsabilidade pelo EPI para limpeza?

Caso um órgão fiscalizador resolva fazer uma inspeção em seu estabelecimento, o principal responsável será você, gestor da equipe de limpeza  caso os trabalhadores não estejam utilizando os EPIs corretamente.

É claro que os serviços de limpeza em seu empreendimento devem ser realizados por profissionais competentes. No entanto, além disso, é imprescindível que a empresa forneça treinamento e EPIs adequados para cada atividade exercida  a obrigação legal não é a única coisa em jogo: a saúde e a vida dos colaboradores importam muito.

Portanto, evite problemas e forneça o EPI necessário para cada funcionário.

Principais equipamentos de segurança para limpeza

Luvas de proteção

São inúmeros modelos, produzidos em diferentes tipos de materiais, cada um voltado a uma atividade específica. Quando nos referimos ao setor de limpeza industrial, o uso de luvas de proteção é muito importante, já que os profissionais dessa área estão sempre expostos ao contato direto com produtos e agentes prejudiciais à pele.

Luvas de látex, por exemplo, são ideais para a manipulação de agentes biológicos e situações de umidade. Por outro lado, as luvas nitrílicas são perfeitas para a proteção das mãos e dos punhos contra agentes químicos, como tintas e solventes, e contra biológicos, como áreas infectadas com vírus.

As luvas de proteção de PVC são mais voltadas para a manipulação de substâncias como graxa, solvente e óleo.

Uniformes e aventais impermeáveis

Uniformes e aventais impermeáveis, também conhecidos como macacões, são destinados à proteção contra umidade, chuva e exposição a produtos químicos.

Antes de implementar o seu uso, é preciso verificar o modelo e o material para certificar-se a respeito da resistência e da possibilidade de movimentação do trabalhador sem que ocorra o risco do EPI se rasgar.

Máscaras e óculos de proteção

São equipamentos de segurança para limpeza, mas também se aplicam aos mais variados segmentos  pois são responsáveis pela proteção de riscos e acidentes contra o rosto e os olhos dos trabalhadores.

Estamos nos referindo às máscaras e aos óculos de proteção. Os óculos permitem ampla visualização e evitam os respingos de produtos químicos que poderiam afetar os olhos. Existem modelos que permitem a ventilação e outros não, mas a necessidade disso pode variar de acordo com a intensidade do serviço.

As máscaras e os protetores faciais também são classificados como EPI para limpeza, pois cobrem o rosto do colaborador durante toda a execução de sua atividade laboral, permitindo a manipulação de produtos químicos e biológicos. O trabalhador deve utilizar um respirador com purificador de ar no caso de limpeza de particulados.

Botas e calçados de proteção

Para finalizarmos o artigo de hoje, não poderíamos deixar de citar um dos equipamentos de segurança para limpeza mais importantes do setor: as botas e os calçados de proteção. Geralmente confeccionados em PVC, sua utilização é específica para lavagens de piso, já que reduzem a probabilidade de derrapagens.

Além disso, no caso de lavagens pesadas em que há utilização de ácido, cloro e outros agentes químicos corrosivos, calçados comuns não protegeriam o trabalhador de forma adequada e, portanto, as botas e calçados de proteção aparecem como EPIs extremamente importantes  pois evitam qualquer tipo de contato com a pele.

Por fim, a limpeza industrial lida muito com pisos molhados. Assim, não basta utilizar calçados especiais de proteção; também é muito importante instalar placas e sinalizadores de segurança no ambiente, pois somente o acessório não protege o profissional de limpeza e outros colaboradores que estejam circulando pela área.

Agora que você já conhece os principais EPIs para limpeza, compartilhe este conteúdo com os seus amigos e familiares nas redes sociais para espalhar o conhecimento entre seus contatos!